Segunda-feira, 01 de Outubro de 2007

Você se apegou a elas - que deram certo e lhe trouxeram algum prazer - de tal forma que passou a chamar de EU a este ESTRUTURADO CONJUNTO DE POTENCIALIDADES HUMANAS SELECIONADAS. Ao identificar-se e apegar-se a elas você criou em si mesmo uma cisão, ou seja, de um lado as partes DEMONSTRÁVEIS e de outro as suas parcelas negadas e INDEMONSTRÁVEIS.
Dando nomes apropriados vamos chamar de PERSONA ( um EU-PARA-OS-OUTROS ) às partes conotadas de aceitáveis e de Sombra Pessoal ( o EU-NEGADO ) às conotadas como inaceitáveis. Você há de convir comigo que, de fato, você não é, sempre e exatamente, nem uma nem outra, pois se percebe, na verdade, como alguém que se encontra ao meio de tendências opostas, sendo puxado ora pela PERSONA ( contingente de facetas do EU que está VOLTADO PARA OS OUTROS ) ora sendo puxado pela SOMBRA PESSOAL ( contingente de características e possibilidades existenciais negadas ). Vamos dar a esta função administradora o nome de CONSCIÊNCIA. Esta precisa atender à necessidade de adaptação ao meio ambiente tanto quanto à realização das potencialidades pessoais. A tarefa da CONSCIÊNCIA é complexa e exige muita energia para ser concretizada plenamente. Ela está mediando os poderes do mundo face aos poderes do Inconsciente e sua tarefa envolve administrar outros potenciais e tendências além dos descritos até aqui.
Então você, que me acompanhou até aqui, descobre que somos todos PERSONAGENS EM CENA e todos os dias verifica que no mundo social há muita ilusão, muita hipocrisia e muita tapeação: nem tudo que parece ser é o que aparentava ser. Pois bem, o fato é que é muito fácil, pra você, ver a SOMBRA do outro, contudo quando se trata de ver a sua SOMBRA PESSOAL aí a coisa muda de figura e tudo fica nebuloso. Me acompanhe mais um pouco e se pergunte: Será que é fácil, para o outro, ver a minha SOMBRA ? A resposta é: sim ! O outro pode gastar apenas alguns segundos para ver em você aquilo que pode lhe custar grande esforço e tempo na busca de conscientizar a SOMBRA PESSOAL e alcançar alguma evolução moral. Se você já está ou esteve nesta busca então poderá contar com o outro para apontar ( ou cutucar ) a suas inadequações e defeitos. Na busca de evoluir e de se desenvolver humanamente você ouvirá o outro, por mais que lhe doa ouvir algo, abaixará a cabeça e se disporá a melhorar naquele aspecto que foi apontado como sendo seu, ainda que você tenha enormes dificuldades para admitir que isto seja mesmo verdade... Acreditando e confiando em si mesmo você faz um esforço moral e se aprimora sempre.
Já se disse que o mundo é o espelho do EU, mas nós ocidentais pouco entendemos do valor prático destas afirmações.
Por outro lado, se você não deseja, de modo algum, nem jamais pretendeu olhar para a sua SOMBRA PESSOAL então o outro ocupará o difícil e sofrido papel de DENUNCIADOR de SOMBRA pronto a demolir, a todo momento, a sua PERSONA infantil. Você encontrará no outro o inimigo aberto, o que fará piadas jocosas e irônicas com suas inadequações e defeitos. Viver esta situação é muito mais vergonhoso e humilhante do que dar o braço a torcer e admitir a autoridade do outro que, pelo convívio contínuo consigo, observa com clareza e aponta justamente aquilo que você mesmo se recusa a ver.
Está em suas mãos transformar ou não o outro em DENUNCIADOR DE SOMBRA. Se isto já aconteceu e se você já sofre por isso então volte-se pra si mesmo, retome a consciência de que você é duplo, para dizer o mínimo, e que além daquilo que você acredita ser é também aquilo que negou em si mesmo e que contudo, não desapareceu por mágica e está, isto sim, esperando que você retome sua caminhada de desenvolvimento e regenere as partes que foram relegadas, desprezadas e omitidas da sua PERSONA.

Se o outro está dizendo coisas terríveis a seu respeito isto se deve ao fato de você não ouvi-lo quando ele disse a primeira vez, nem na segunda, nem nunca. Experimente parar um pouco de só oferecer resistência. Tente um outro caminho. Foi você mesmo quem criou esta situação vexatória e incômoda e agora sabe como modifica-la a qualquer momento.
Dentro de você a CONSCIÊNCIA existe e você precisa voltar a ocupar uma posição mais central. Lembre-se do dito que afirma que você pode enganar / convencer/agradar algumas pessoas todo o tempo; pode enganar /convencer/agradar todas as pessoas algum tempo; mas, não pode enganar / convencer/agradar todas as pessoas todo o tempo... O sentido disto é aplicável à PERSONA quando em ação no meio social, mas quando se trata da família ou do parceiro de relação este dito tem que ser substituído pela máxima:
"você não vai conseguir enganar seu parceiro por muito tempo !"

 

Luís Vasconcellos

 



publicado por Sou às 23:24
mais sobre mim
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


arquivos
2009

2008

2007

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO