Sábado, 15 de Setembro de 2007



A terceira lei: Princípio Vibratório

"Nada está parado, tudo se move, tudo vibra"

Nada nesse mundo esta em repouso, tudo esta em constante movimento. Tudo tem a sua infinita vibração, embora algumas coisas pareçam estar em repouso, na verdade estão dentro de um Universo que não para de vibrar.

Este princípio  explica-nos  que tudo, no Universo, está em constante movimento, isto é, em constante evolução. Este princípio é facilmente compreensível pois a ciência e a física já o confirmou através de suas observações e descobertas.

As diferenças entre as diversas manifestações de Matéria, Energia, Mente e Espírito, resultam das ordens variáveis de Vibração. "Desde O TODO, Deus é puro Espírito, até a forma mais grosseira de Matéria, tudo está em vibração.

Nas extremidades inferiores da escala estão as vibrações mais grosseiras da matéria, que parecem estar paradas.



publicado por Sou às 18:37
Sábado, 15 de Setembro de 2007



A segunda Lei:

"O que está em cima é igual ao que está em baixo, e o que está em baixo é igual ao que está em cima" HERMES, o Trimegisto

Princípio da Correspondência diz que o que encontramos exteriormente é o espelho daquilo que não conseguimos ver interiormente. Isto é "o que está fora é o reflexo do que está dentro".

Assim, as atitudes das pessoas ao redor de cada um e as circunstâncias apresentadas não são mais que uma imagem exterior daquilo que vai dentro de cada indivíduo. Como tal, atitudes positivas revelar-se-ão através de reacções positivas por parte dos outros.

Como tal, é importante o controlo dos pensamentos conscientes. Desta forma, ao manterem-se pensamentos direccionados para um objectivo,


publicado por Sou às 18:33
Sábado, 15 de Setembro de 2007

 


Primeira lei: O Principio de Mentalismo

 

 


"O TODO é MENTE; o Universo é Mental." - O CAIBALION –

Deus não pode ser entendido como uma mente comum, ou algo como um humano super evoluído, que aja como nós, com sentimentos e desejos.
Assim esse ser que está além de tudo o que existe, não pode ser entendido, nem explicado. Nem nunca será, pois para entender esse ser você teria que ser ele, e se você se tornar ele, ele na verdade não mais existiria, ou seja, é impossível
De resto, o princípio do Mentalismo pode explicar qualquer coisa no universo, porem podemos aprender outros princípios que nos ajudarão a explicar de forma mais detalhada. Assim tudo que pode ser imaginado pode ser explicado pelo Mentalismo vibratório.


Adaptação,

fontes:
  Xenon - o Mentalista. www.mentalismo.net



publicado por Sou às 18:29
Sexta-feira, 14 de Setembro de 2007

As sete leis herméticas

As sete principais leis herméticas se baseiam nos princípios incluídos no livro Caibalion que reúne os ensinamentos básicos da Lei que rege todas as coisas manifestadas. A palavra Caibalion, na língua hebraica significa tradição ou preceito manifestado por um ente de cima.



publicado por Sou às 20:38
Sexta-feira, 14 de Setembro de 2007

Hermes Trismegisto : Hermes Trismegistus em latim; em grego Ἑρμῆς ὁ Τρισμέγιστος, "Hermes, o três vezes grande") é o nome dado pelos neoplatônicos, místicos e alquimistas ao deus egípcioThoth (ou Tehuti), identificado com o deus gregoHermes. Ambos eram os deuses da escrita e da magia nas respectivas culturas.

Thot simbolizava a lógica organizada do universo. Era relacionado aos ciclos lunares, cujas fases expressam a harmonia do universo. Referido nos escritos egípcios como "três vezes grande", era o deus do verbo e da sabedoria, sendo naturalmente identificado com Hermes. Na atmosfera sincrética do Império Romano, deu-se ao deus grego Hermes o epíteto do deus egípcio Thoth.

Como "escriba e mensageiro dos deuses", no Egito Helenístico, Hermes era tido como o autor de um conjunto de textos sagrados, ditos "herméticos", contendo ensinamentos sobre artes, ciências e religião e filosofia - o Corpus Hermeticum - cujo propósito seria a deificação da humanidade através do conhecimento de Deus. É pouco provável que todos esses livros tenham sido escritos por uma única pessoa, mas representam o saber acumulado pelos egípcios ao longo do tempo, atribuído ao grande deus da sabedoria.

O Corpus Hermeticum, datado provavelmente do século I ao século III, representou a fonte de inspiração do pensamento hermético e neoplatônicorenascentista. Na época acreditava-se que o texto remontasse à antiguidade egípcia, anterior a Moisés e que nele estivesse contido também o prenúncio do cristianismo.

Segundo Clemente de Alexandria, eram 42 livros subdivididos em seis conjuntos. O primeiro tratava da educação dos sacerdotes; o segundo, dos rituais do templo; o terceiro, de geologia, geografia, botânica e agricultura; o quarto, de astronomia e astrologia, matemática e arquitetura; o quinto continha os hinos em louvor aos deuses e um guia de ação política para os reis; o sexto era um texto médico.

Costumava-se creditar também a Hermes Trismegisto o Livro dos Mortos ou o Livro da Saída da Luz, além do mais famoso texto alquímico - a "Tábua de Esmeralda".

 

pt.wikipedia.org/wiki/Hermes_Trismegisto



publicado por Sou às 18:32
mais sobre mim
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

16
17
19
20
21
22

23
25
26
27
28



arquivos
2009

2008

2007

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO